Logo RTM

Compartilhe

O papel do suitability como definidor do perfil investidor de seus clientes
PorRTM
Imagem capa do texto sobre o que é suitability e como esta prática ajuda a definir o perfil dos investidores.

Você já deve saber que existem diferentes perfis e objetivos de investidores. Nesse sentido, seguir processos que analisem todos esses pontos é determinante para oferecer opções em conformidade com as necessidades do seu público e em alinhamento às políticas de Know Your Customer (KYC).

O suitability é, portanto, o que permite às instituições o fornecimento de produtos personalizados. Ao buscarmos referências sobre o tema, podemos afirmar que:

  • De acordo com a McKinsey, instituições financeiras podem reduzir em até 40% seu custo por aquisição de clientes ao combinarem informações, analytics e criatividade.
  • A pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária em 2022 apontou que soluções digitais voltadas à promoção de uma boa experiência e relacionamento com o usuário são a medida adotada por 91% das empresas do segmento financeiro.
  • A prática é prevista e obrigatória pela Resolução n.º 30 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) como uma diretriz também de segurança, tanto para o cliente quanto para a empresa.

Então, leia este artigo da RTM até o fim e entenda como  fazer uma avaliação completa e correta do seu público. 

O que é suitability?

Sabemos que o suitability é o nome dado à análise de um conjunto de informações sobre um cliente, com a finalidade de identificar o grau de tolerância e o risco conforme cada tipo de investidor. 

Para tanto, são considerados critérios como:

  • situação financeira;
  • grau de conhecimento e de experiência na área de investimento;
  • objetivos a serem alcançados;
  • dados pessoais;
  • entre outros.

O termo, em português, quer dizer “adequação”. Sendo assim, esse detalhamento ajuda corretoras e outras instituições a recomendarem carteiras condizentes às particularidades de um investidor.

Trata-se de uma obrigação legal para que o consumidor tenha conhecimento sobre os riscos envolvidos nas operações e sobre quais escolhas podem levá-lo a obter mais sucesso. Tal procedimento é aplicável à pessoa física ou jurídica. 

>> Baixe o eBook gratuito sobre a transformação da tecnologia no mercado de investimentos e fique por dentro das tendências! 

Como identificar o perfil do investidor

Depois que o cliente responde um formulário de Análise do Perfil do Investidor (API), os dados fornecidos possibilitam uma leitura sobre suas características e afinidades. São consideradas interpretações de segurança, liquidez e rentabilidade.

Abaixo, vamos compreender melhor quais são as principais classificações para quem pretende investir. 

Arrojado ou agressivo

Esse tipo de investidor é aquele que:

  • não se desestabiliza diante da volatilidade da renda variável;
  • aceita se expor a riscos em casos que parecem promissores;
  • apresenta uma vida financeira bem estruturada;
  • possui conhecimento sobre o mercado;
  • mantém uma boa reserva financeira.

Quem se enquadra nessa categoria tem boas chances de decidir investir em Brazilian Depositary Receipts (BDR) ou Exchange Traded Fund (ETF), por exemplo. 

Moderado

O cliente que apresenta atributos de um perfil moderado é um meio termo entre pessoas que gostam de se arriscar e o grupo que opta por rendimentos mais estáveis. Isso significa que se trata de um investidor que não quer se limitar tanto, mas que toma decisões com cautela.

Geralmente, prefere soluções que diversifiquem sua carteira com certo equilíbrio, como:

  • Tesouro Selic;
  • Tesouro IPCA+;
  • Fundos Multimercados;
  • Debêntures.

Conservador

Com pouca tolerância a riscos e predileção por produtos de resgate em um curto período de tempo, o investidor conservador normalmente não procura ativos com liquidez e preza por preservar seus recursos.

Normalmente, escolhe o Certificado de Depósito Bancário (CDB), ações de empresas consolidadas ou fundos de investimentos de renda fixa para sua carteira. 

Como funciona o questionário de suitability?

Na prática, o suitability é realizado por meio de um teste. Antes de qualquer contratação, o cliente recebe um formulário com perguntas que têm como objetivo investigar sua personalidade, comportamento e intenção financeira

É importante orientar que as respostas sejam feitas em um momento de tranquilidade, e que correspondam à realidade. Por mais que pareça um procedimento invasivo, é necessário assegurar ao público que as informações são protegidas contratualmente.

Perguntas comuns em APIs

Confira na lista a seguir alguns exemplos de questões utilizadas em formulários de suitability:

  • Qual percentual da sua carteira você aceitaria perder durante uma crise e consequente queda de rentabilidade?
  • Como o seu patrimônio está dividido atualmente?
  • O que você faria diante de uma desvalorização de mais de 25% das suas aplicações?
  • Qual é seu nível de conhecimento sobre o mercado financeiro?
  • Por quanto tempo você pretende manter seu dinheiro investido?
  • Qual é ou quais são suas fontes de renda atuais?
  • Com qual frequência você avalia o desempenho da sua carteira de investimentos?

Como reduzir a burocracia em processos de suitability?

O processo de responder um questionário extenso pode parecer moroso, e muitas instituições priorizam soluções que ajudam a padronizar a comunicação e agilizar análises inteligentes sobre seus clientes e produtos. 

Por isso, a RTM acompanha rigorosamente as tendências do mercado, especialmente com as novas perspectivas trazidas pelo Open Finance

A plataforma Hub Fundos facilita a concentração de informações e a comunicação entre todos os players no cadastro, transferência e movimentação de fundos de investimento. O padrão internacional ISO 20022 assegura qualidade e segurança na eliminação de gargalos das operações. 

Saiba mais sobre a nossa tecnologia e impulsione seus resultados:
>> Conheça o Hub Fundos da RTM e confira todas as vantagens do serviço!

Deixe seu comentário

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Newsletter

Cadastre-se e receba todos os nossos conteúdos por e-mail, em primeira-mão.


    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    Veja outras notícias relacionadas

    Imagem de uma mão robótica com a palma virada para cima. Abaixo está escrito "E-book Inteligência artificial e segurança no mercado financeiro: desafios, conformidade e soluções para evitar fraudes e crimes cibernéticos".
    Inteligência artificial e segurança no mercado financeiro
    Imagem em vermelho escuro com a foto de um homem branco, de terno, sorrindo. Ao lado, tem um balão de fala com a afirmação "“Queremos os melhores em serviços de tecnologia para pagamentos, por isso escolhemos a RTM”. Henrique Costa, CTO, e o logo da Pay4Fun.
    Pay4Fun: RTM tem infraestrutura robusta e conhecimento de mercado
    Imagem ilustrativa de um artigo da RTM. Com fundo vermelho e a seguinte pergunta em destaque: O que é sandbox regulatório e como será o novo ambiente de testes da CVM?
    Novo sandbox regulatório: o que muda e como funciona?