Logo RTM

Compartilhe

RTM anuncia Sandbox para simular o DREX 
PorRTM
A imagem traz a logo da RTM e da BBChain, parceiras no Sandbox Drex.

A RTM, em parceria com a startup BB Chain, pioneira no Brasil em soluções em blockchain, está lançando um Sandbox que simula o projeto-piloto do Real Digital (Drex) para democratizar o acesso a um ambiente de testes a todas as instituições financeiras que precisam compreender e incorporar o novo cenário da moeda digital. 

Os players poderão testar a tecnologia de acordo com seu escopo e atuação no mercado, obtendo vantagem competitiva até o momento da entrada em produção do futuro Real Digital no país.  

“Grande parte da base de clientes da RTM, com mais de 700 instituições, já utiliza a rede Financial Net para acessar diversos provedores e, agora, também poderão, por meio desta parceria, realizar testes simulando transações em Drex em um ambiente como o do Banco Central. O passo que estamos dando agora é decisivo para nivelar o conhecimento entre o maior número possível de empresas do ecossistema financeiro nacional, com diferentes perfis, para que consigam trazer seus produtos para o Real Digital com valores que não representem barreira de entrada”, explica André Mello, CEO da RTM. 

As instituições financeiras que entrarem no RTM Sandbox terão acesso a alguns diferenciais, com a possibilidade de fazer a custódia integrada de ativos para clientes, permitindo a gestão de carteiras, e levar novos contratos como smart contracts. Com um ambiente de rede seguro e neutro, a solução pode simular, ainda, diversos casos, inclusive com parceiros, como por exemplo: a expansão da modalidade de tokenização de ativos como títulos privados, debêntures, imóveis, automóveis, entre outros; operações com garantia; operações de crédito; além de operações que já estejam efetivadas no mercado financeiro.  

Assim que o Drex estiver disponível para a população, a infraestrutura do Sandbox permitirá uma simples migração com baixo investimento, menor tempo e sem a necessidade de um time dedicado. Vale destacar que o RTM Sandbox continuará ativo mesmo após a entrada em produção do Real Digital, com opções de testes para novas funcionalidades.  

“Por meio da parceria com a RTM, queremos ir além dos grandes players de mercado que já trabalham há mais de dez anos com moedas digitais. O ideal desse sandbox é preparar as empresas que ainda não estavam a par do Real Digital (DREX) para que possam reagir ao novo cenário do mercado financeiro, que vai acontecer no ano que vem”, analisa André Carneiro, CEO da BBChain. 

O RTM Sandbox Drex já está disponível como um produto SaaS para todas as instituições interessadas, incluindo os participantes dos 16 consórcios do Drex que precisarem de uma rede complementar para exercitar outros modelos de negócio. 

Deixe seu comentário

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Newsletter

Cadastre-se e receba todos os nossos conteúdos por e-mail, em primeira-mão.


    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    Veja outras notícias relacionadas

    Duas mãos seguram dois blocos de madeira que se encaixam no ar representando o peer-to-peer.
    Peer-to-peer: conceito e aplicações no mercado financeiro
    Foto de Aloísio Mota, um homem branco vestido com terno preto e camisa social branca.
    Head de Negócios fala sobre criação do Grupo Consultivo para fundos
    Homem branco digita em um notebook enquanto trabalha em um ambiente com servidores. Ao lado da foto está escrito: Colocation no Data Center do mercado financeiro
    Colocation: vantagens de alocar seus servidores em espaços físicos