Logo RTM

Compartilhe

Web Summit Rio 2023: IA, empreendedorismo, Bitcoin e diversidade
PorRTM

Em sua primeira edição fora da Europa, o Web Summit Rio esgotou todos os ingressos, lotando o Riocentro de CEOs, executivos, investidores, autoridades e especialistas ao longo dos quatro dias de evento – de 1 a 4 de maio. 

Novas edições já estão programadas na cidade do Rio de Janeiro até 2028. Ao todo, foram mais de 100 horas de palestras, masterclasses e sessões para networking entre os participantes, contando com a presença de aproximadamente 700 startups nos espaços de interação. 

André Mello, CEO da RTM, Luiz Fernando Jardim, gerente de Inovação e Novos Negócios, e Cláudio Tourino, gerente de Redes e Telecom, participaram do evento conferindo os debates sobre os rumos da tecnologia no Brasil e no mundo.  

Confira como foram alguns painéis de destaque nesta edição.  

Privacidade na era da IA 

Mais responsabilização. É o que Meredith Whitakker, presidente da Signal, empresa de app de mensagens com foco em privacidade, e Chelsea Manning, especialista em segurança conhecida pelo vazamento de documentos confidenciais dos Estados Unidos no Wikileaks, acreditam que precisa ser exigido às bigtechs em relação aos potenciais riscos da Inteligência Artificial (IA).  

Segundo Whitakker, apenas algumas empresas no mundo – como Amazon, Google e Microsoft – têm os recursos exigidos para criar ferramentas de inteligência artificial em larga escala, pois isso exige uma grande infraestrutura de servidores, além de muitos dados.  

“IA não é uma tecnologia desmaterializada que existe no cosmos. IA é o produto de recursos significativamente concentrados que agora estão nas mãos de grandes empresas”, ressaltou Whittaker ao explicar por que é preciso criar mais responsabilização no desenvolvimento da inteligência artificial.  

Manning falou sobre os problemas de privacidade, reforçando que eles devem continuar existindo com o advento de novas ferramentas de IA. Porém, reforçou que há uma grande oportunidade deste cenário melhorar caso as empresas e os desenvolvedores por trás delas reflitam sobre como usam a inteligência artificial e suas consequências.  

‘O momento é de cobrar responsabilidade de quem fez promessas’ 

Ayo Tometi, cofundadora do movimento Black Lives Matter, esteve no evento reforçando a importância em cobrar promessas feitas por grandes empresas e fundos de investimentos na colaboração com a luta contra injustiças raciais históricas.  

“Atualmente, temos uma dança de progresso e regresso. É um esforço longo. Não somos a primeira geração a brigar por questões básicas, mas espero que estejamos entre as últimas”, disse Tometi em coletiva de imprensa realizada no evento, reforçando que espera ver a consciência racial criada os últimos anos se transformar em mudanças concretas. “Houve muitos gestos simbólicos recentemente, mas é preciso fazer realmente. Estamos em um momento de follow-up. O trabalho real é de cobrar responsabilidade de quem fez promessas.” 

Sobre o empreendedorismo preto, ela respondeu que a participação em eventos, como o Web Summit, ajuda a criar oportunidades, já que para isso é preciso encontrar pessoas e conversar sobre experiências, dificuldades e ferramentas.  

Chat GPT, avatar e Bitcoin 

O empresário bilionário e investidor de risco Tim Draper participou de dois painéis no evento para falar sobre as oportunidades das IAs generativas e fazer previsões para o mercado de criptomoedas, como o Bitcoin.  

“A IA vai mudar todas as indústrias que conhecemos. Os robôs nunca foram um bom investimento para o venture capital e agora chegou o tempo em que isso mudou”, comentou Draper sobre como o avanço da inteligência artificial está influenciando o investimento em robôs. Ele ainda reforçou que encoraja todo empreendedor a usar IA no seu negócio. 

Ao falar sobre sua primeira experiência com o Chat GPT, ele descreveu que “deve ter sido assim que os monges se sentiram quando copiavam a Bíblia à mão repetidamente e aí algum gênio inventou a prensa manual. De repente, eles perceberam que não precisavam fazer isso sozinhos. É fantástico”. 

Além de falar sobre IA, Draper deixou previsões otimistas ao mercado de criptomoedas, apostando que o Bitcoin irá alcançar US$ 250 mil, sendo que a moeda hoje vale US$ 28 mil. Grande entusiasta dos bitcoins, o empresário ganhou fama quando lucrou mais de US$ 600 milhões com a compra de 30 mil bitcoins em leilão do governo dos EUA em 2014.  

‘Mercado exige contratação de mais mulheres e negros’ 

A presidente da Magazine Luiza, Luiza Trajano, participou de um painel junto do CEO da Globo Ventures, Roberto Marinho Neto, e do CEO da Quinto Andar, Gabriel Braga, com reflexões sobre diversidade e liderança.  

“Temos que entender que o mercado mudou. O CEO que não souber que tem que contratar mais mulheres, mais negros, mais diversidade, ele não vai sobreviver na empresa. Quem está pedindo isso é o consumidor final”, disse Trajano, seguida de aplausos da plateia.  

Ela ainda reforçou que 52% da população nacional é mulher, 53% é composta por negros e mais de 15 milhões são deficientes físicos, explicando porque é preciso ter mais diversidade nas empresas.  

Ao debaterem sobre como é possível manter uma cultura empreendedora em suas empresas, Marinho Neto ressaltou que mulheres têm naturalmente mais capacidade para empreender, pois já lidam com diversas exigências sociais.  

“Quando você acompanha de perto, você entende que quem empreende mesmo é a mulher. Ela consegue ter filho e depois voltar para o trabalho. Nós homens podemos empreender, mas a empreendedora real é a mulher, que consegue ser mãe, estar em casa, se dedicar aos filhos, se dedicar a empresa”. 

Fontes: G1 e PEGN

Deixe seu comentário

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Newsletter

Cadastre-se e receba todos os nossos conteúdos por e-mail, em primeira-mão.


    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    Veja outras notícias relacionadas

    A imagem mostra uma foto do gerente de Segurança da Informação da RTM, Renan Barcelos, sorrindo. Ele veste um terno cinza escuro. No canto inferior direito, há um grafismo em vermelho com a pergunta "Fraudes bancárias: como proteger sistemas e clientes?".
    Fraudes bancárias: como proteger sistemas e clientes?
    Imagem de homem pensativo a frente de um laptop dentro do grafismo da RTM com a pegunta escrita ao lado: "O que são contêineres em uma cloud?"
    Como colocar soluções em contêineres em uma cloud?
    Imagem ilustrativa com Renan Barcelos, gerente de Segurança da Informação da RTM para ilustrar matéria sobre sua participação em um Painel de evento sobre Cibersegurança
    Barcelos integra painel sobre segurança